Je proclame la destruction

Dir: Arthur Tuoto
3' . vídeo . 2014 . SP

Sinopse

Dois planos do filme Le diable probablement (1977), de Robert Bresson, são repetidos em um loop, criando um cíclico e interminável raccord. A constante repetição da frase “Je proclame la destruction” (Eu proclamo a destruição) revela um mantra anarquista de poder universal e temporal.

Classificação livre

Arthur Tuoto

Nasceu em 1986. Vive e trabalha em São Paulo. Já teve seus trabalhos expostos e exibidos em eventos como Festival de Vídeo Arte de Roma, FUSO – Anual de Vídeo Arte de Lisboa, Mostra de Cinema de Tiradentes, Olhar de Cinema, entre outros. É diretor de curtas como Dead Hands (2012) e In September (2010).

Videoinstalação

Festivais e Prêmios

  • Festival de Berlim 2015
  • Festival Images Contre Nature, Marselha 2015
  • Olhar de Cinema 2015
  • Salão de Abril, Centro Cultural Banco do Nordeste 2015

CONTATO
arthur.tuoto@gmail.com