Danaë nos jardins de Górgona ou saudades de Pangeia

Dir: Thiago Rocha Pitta
Mostra: Carta branca a Patricia Mourão NATUREZA CONCRETA
5' . digital . 2011 . Brasil

Sinopse

A primeira parte do título evoca o episódio da mitologia grega  em que Danaë é engravidada por Zeus transmutado em chuva de ouro. No vídeo, Danaë, reduzida a um feixe de mel transparente que reflete o sol, passeia por sobre diferentes rochas de vários tons de cinza até cair no mar. O mel aí, fluido originalmente inanimado, faz as vezes de uma seiva vegetal e contrasta com a estaticidade e a dureza das pedras, as vítimas do olhar da górgona. A segunda parte, saudades da Pangeia, evocaca os primórdios do mundo, quando o planeta era uno, antes de sua fragmentação em continentes, antes, talvez, de sua transformação de mundo vivo em mundo em que se vive.

Classificação 12 anos

Exibição: 26 de novembro às 14h

Ficha técnica

Cortesia Galeria Milan
/ CONTATO

Thiago Rocha Pitta